PlayStation 'onipresente'? Declaração do CEO da Sony abala o mundo dos jogos 13

PlayStation ‘onipresente’? Declaração do CEO da Sony abala o mundo dos jogos

A indústria de jogos eletronicos está passando por uma transformação significativa e a PlayStation, uma das principais marcas do cenário, se prepara para trilhar novos horizontes.

Em uma entrevista recente com Gestão de investimentos do Norges BankKenichiro Yoshida, CEO da Sony, expressou a sua visão ambiciosa de tornar a PlayStation ‘onipresente’ no futuro, indo além dos limites das consolas tradicionais.

O futuro do PlayStation

Yoshida destacou que a estratégia de expansão da empresa Playstation Não se limita apenas ao curto prazo, mas abrange uma visão de longo prazo.

A marca está em um processo contínuo para se tornar verdadeiramente multiplataforma, dando aos jogadores a liberdade de desfrutar de seus jogos favoritos em qualquer lugar onde haja computação.

A PlayStation buscará expandir suas experiências de jogos para além dos consoles, abrangendo também os universos de PC, mobile e nuvem.

PlayStation 'onipresente'? Declaração do CEO da Sony abala o mundo dos jogos 16

Kenichiro Yoshida, CEO da Sony – istimewa/Reprodução

O próximo marco nesta jornada é o lançamento de ‘Helldivers II’, um jogo de tiro cooperativo aguardado pelos fãs, que estará disponível tanto para PS5 quanto para PC a partir de 8 de fevereiro.

Com o desenvolvimento concluído e dentro do cronograma, a PlayStation reafirma seu compromisso de expansão para novas plataformas.

Porém, a estratégia de trazer exclusividades do PlayStation para o PC não é novidade, e as expectativas para 2024 são ainda mais ousadas.

Rumores sugerem que títulos renomados como ‘The Last of Us Part II’, ‘Ghost of Tsushima’ e ‘Deus da Guerra Ragnarok‘, poderão estrear nos computadores ao longo do ano.

Isto representa um passo significativo para os estúdios da Sony, que, pela primeira vez, desenvolvem jogos para um formato diferente dos consoles tradicionais.

Apesar das grandes expectativas, documentos vazados do hack Insônia indicam que as vendas de exclusivos do PlayStation no PC ainda não atingiram picos significativos.

‘Horizon: Zero Dawn’, por exemplo, liderou as vendas com 3,3 milhões de cópias vendidas, apontando desafios que a marca ainda enfrenta ao expandir seu alcance para novas plataformas.

A visão de Yoshida, no entanto, permanece clara: a PlayStation está empenhada em tornar-se uma presença constante no indústria de jogosindependentemente da plataforma escolhida pelos jogadores.

À medida que mais títulos icônicos do PlayStation se preparam para dar o salto para o PC em 2024, o cenário dos jogos aguarda ansiosamente os próximos passos nesta jornada multiplataforma.

Relacionado :  O registro de Raphinha e Robert Lewandowski no Barcelona depende muito dos cortes salariais de Frenkie de Jong: Relatórios

Moyens I/O Staff motivou você, dando conselhos sobre tecnologia, desenvolvimento pessoal, estilo de vida e estratégias que irão ajudá-lo.